Bolsonaro indica dois desembargadores para Superior Tribunal de Justiça

0
25

Anúncio foi feito nesta segunda-feira(1), dois meses e meio após abertura das vagas. Os desembargadores Messod Azulay Neto e Paulo Sérgio Domingues, que faziam parte da lista entregue pelo plenário do STJ, serão sabatinados pelo Senado para serem oficializados como ministros na corte.

De acordo com a impressa, nomes foram escolhidos pelo presidente Jair Bolsonaro após Nunes Marques, ministro do Supremo Tribunal Federal indicado por Bolsonaro, ter “vetado” a ida de outro desembargador para o STJ.

Segundo a colunista Juliana Dal Piva, a escolha de Domingues representa uma vitória para o ministro do STF Kassio Nunes Marques. A escolha demorou dois meses e meio devido à resistência que Nunes Marques ao nome do desembargador Ney Bello, que era uma das opções favoritas do presidente da República.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui