Anestesista é preso em flagrante por estupro de uma paciente que passava por cesárea no RJ

0
33

Giovanni Quintella Bezerra abusou de uma paciente enquanto ela estava dopada e passava por um parto cesárea no Hospital da mulher em Vilar dos Teles.

A investigação começou após funcionários da unidade de saúde filmarem o anestesista colocando o pênis na boca de uma paciente quando ele participava do parto dela.

O conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj) abriu nesta segunda-feira(11)um processo para expulsar o estuprador Giovanni Bezerra, o anestesista preso em flagrante, ele foi indiciado por estupro de vulnerável, cuja pena varia de 8 a 15 anos de reclusão.

As enfermeiras vinham desconfiando do comportamento do anestesista e estranhavam, por exemplo, a quantidade de sedativo aplicado nas grávidas. A violência dura 10 minutos, enquanto abusa da gestante, o anestesista tenta se movimentar pouco para que ninguém na sala perceba. Quando termina, pega um lenço de papel e limpa a vítima para esconder os vestígios do crime.

A polícia agora vai tentar descobrir outras possíveis vítimas do anestesista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui